ASSEMBLEIA APROVA ACORDO JUDICIAL NO PROCESSO DAS 12h-OPP-PP, ATUAL PP1/BRASKEM.

No dia 16/11, estará disponível aqui no site, a Carta/Termo de Adesão ao Acordo Judicial aprovado na Assembleia ocorrida no dia 11/11/21, com os participantes deste Processo. Também estará informando a lista de documentos necessários. Tanto o Termo de Adesão, como os documentos requeridos deverão ser preenchidos, escaneados e enviados ao Sindipolo pelo email 12horasopp@sindipolo.org.br o mais breve possível.

O Termo de Adesão deve ser preenchido com os dados pessoais e bancários de forma legível para não ter equívocos no momento do depósito dos valores, evitando transtornos.

Dúvidas enviem pelo e-mail acima exposto ou pelo WhatsApp número (51) 96799088

CAMPANHA SALARIAL 2021

CATEGORIA ESPERA AVANÇOS NA CONTRAPROPOSTA PATRONAL

Conforme foi publicado no Em Dia 2004, em 01/11/2021, a categoria rejeitou, praticamente por unanimidade, a proposta das empresas OXITENO, INNOVA e BRASKEM para correção dos salários e auxílios da campanha salarial deste ano. A Categoria demonstrou com veemência nas assembleias que a proposta patronal não recupera o poder de compra dos trabalhadores do Polo, pois repõe somente INPC. Mesmo estando no segundo ano de pandemia da Covid, a Categoria continua mantendo e ampliando a capacidade das plantas industriais, se esforçaram muito pela continuidade da produção, atingindo em alguns casos, recordes de produção seguidas, como é de conhecimento não só dos trabalhadores, mas principalmente das direções das empresas. Todas as empresas do Polo atingiram excelentes resultados financeiros, atingindo suas metas de EBTIDA já no final do primeiro semestre e/ou no terceiro trimestre. É chegada a hora do reconhecimento por parte da patronal em apresentar uma proposta coerente que recomponha o poder de compra do salário dos trabalhadores, que vem sendo corroído mês a mês pela alta da inflação e pelo aumento do custo de vida.
No dia 29/10, o SINDIPOLO apresentou a nova proposta da Categoria às empresas e ao Sindicato Patronal (Sindiquim). Proposta esta que foi aprovada em assembleias pelos trabalhadores com o propósito de obter avanço na mesa de negociação e de dar celeridade ao fechamento do Acordo. Esta proposta contempla apenas o arredondamento do INPC para correção de salários (sem o Limitador), correção dos auxílios e do piso da categoria em 13% e cartão alimentação de R$ 300,00 reais (veja no Quadro).

O Sindicato Patronal agendou uma nova reunião com o SINDIPOLO para o dia 10/11, onde aguardamos uma resposta com avanços na proposta.

ARLANXEO AGENDOU REUNIÃO

O SINDIPOLO vê com grande preocupação a demora da ARLANXEO em agendar a 2° reunião de negociação salarial, já fazem mais de 40 dias que ocorreu a 1° reunião com a empresa. Nesta, foi apresentada uma proposta esdrúxula de apenas 9,5% na correção dos salários e ainda com um Limitador para quem ganha até R$ 9.000,00 reais de salário base, e o mesmo índice para os auxílios.
Proposta esta que foi rejeitada em mesa pelo Sindicato no dia 28/09.
O SINDIPOLO encaminhou Ofício à direção da ARLANXEO/Sindiquim no dia 05/11 solicitando à empresa o retome ao processo negocial. Ofício similar foi enviado pelos Sindicatos dos Trabalhadores da Arlanxeo de Duque de Caxias/RJ e do Cabo/PE. No dia de hoje (9/11), a empresa, através do Sindicato Patronal, agendou reunião para retomada da negociação salarial. A Reunião ainda será no dia 17/11.
As demais regiões onde a  Arlanxeo têm unidades também foram agendadas reuniões para próxima semana. Na unidade de Duque de Caxias/RJ a reunião será em 18/11, para unidade do Cabo/PE no dia 19/11.

ASSEMBLEIA DIA 11/11 – PROCESSO 12H-OPP-PP/BRASKEM

Após reunião remota (Live) de esclarecimentos e debates sobre a proposta da empresa Braskem, realizada no dia 08/11, com os envolvidos neste Processo Coletivo movido pelo SINDIPOLO, o próximo passo é apresentar novamente a Proposta da empresa ao conjunto destes trabalhadores, porém, agora para deliberação pela aceitação ou rejeição deste possível Acordo Judicial em assembleia.

Se o Acordo Judicial for aprovado pela maioria dos presentes na Assembleia, ainda caberá análise de seu conteúdo pela Vara do Trabalho de Triunfo.

Pedimos a todos que participaram da Live e os demais que vem acompanhando o desenrolar da negociação para um possível Acordo Judicial, que entrem em contato com os demais envolvidos, debatam sobre o tema e participem da Assembleia. A melhor resposta pra a proposta da Braskem é a resposta da maioria.

O LINK da assembleia será este:

Tópico: Assembleia ONLINE das 12 horas OPP/PP/Braskem – Sindipolo.
Hora: 11 nov. 2021 – 18:30

Entrar na reunião Zoom

https://us02web.zoom.us/j/87599603346?pwd=WGpDUmQ3SmU5dzY0M3lOdTd5WG80Zz09

ID da reunião: 875 9960 3346
Senha de acesso: 723888

Quando acessar a sala do ZOOM, renomeie seu NOME colocando o NOME COMPLETO, isso ajudará na hora da VOTAÇÃO da Proposta.

EDITAL

Conforme EDITAL divulgado no Jornal Correio do Povo em 09/11/2021 (hoje), o mesmo que segue abaixo, a Assembleia será efetivamente instalada às 18h30 do dia 11/11 se houver no mínimo 105 participantes do Processo presentes na sala (online). Caso não se estabeleça este quórum até às 19h, uma nova Assembleia já está convocada pelo mesmo EDITAL para o dia 16/11 às 18h30.

Participem! A Decisão será dos trabalhadores envolvidos no Processo.

CAMPANHA SALARIAL – 2021

FORTE REJEIÇÃO POR PARTE DA CATEGORIA À CONTRAPROPOSTA PATRONAL

Ocorreram durante a semana de 25 a 28/10 as assembleias para apreciação da contraproposta das empresas para campanha salarial deste ano, na qual a Categoria rejeitou de forma coletiva a contraproposta apresentada pelas empresas Oxiteno, Innova e Braskem no dia 22 de outubro.

No dia 29/10, em reunião com a patronal, foi relatado a insatisfação explícita e evidente da Categoria diante da expressiva rejeição da proposta das empresas por ampla maioria dos trabalhadores petroquímicos, tanto os que trabalham em turno, quanto os de ADM das três empresas. Os trabalhadores são conhecedores dos excelentes resultados econômicos alcançados por todas as empresas do setor petroquímico daqui do Polo de Triunfo. Esses resultados são fruto do profissionalismo e dedicação da Categoria, que mesmo em ano de pandemia, se dedicou ao máximo para manter as plantas operando com segurança e sem reduzir a produção. As empresas devem e têm de reconhecer o esforço e a dedicação de todo o coletivo de seus trabalhadores!

O discurso das empresas de que “o seu maior valor são seus colaboradores” não condiz com a proposta patronal apresentada, que sequer recupera o poder de compra do salário da Categoria. A Região Metropolitana de Porto Alegre está com a cesta básica mais cara do País, com aumento acima de 25% nos últimos 12 meses, fora o aumento da energia elétrica, o gás de cozinha e o preço do combustível, que aumenta a cada semana gerando forte impacto no custo de vida das famílias dos trabalhadores. Lembrar que as empresas prestadoras de serviços no Polo Petroquímico, as terceiras, que têm uma margem de lucro infinitamente menor, já praticam um Vale Rancho/Cartão Alimentação de R$ 570,00.

NOVA PROPOSTA DA CATEGORIA

No dia 29/10, sexta-feira, foi apresentada e defendida a nova proposta da Categoria às empresas Braskem, Innova, Oxiteno e ao Sindicato Patronal (Sindiquim), dando assim celeridade para negociação por parte dos trabalhadores, sem perder a qualidade necessária para o reajuste.
É uma proposta muito factível de ser atendida pelas empresas, visto que traz valores de arredondamento do INPC e benefícios já praticados aqui no Polo/RS e em outras regiões do Brasil, como por exemplo, o Cartão Alimentação. O SINDIPOLO solicitou urgência em uma nova reunião na próxima semana.

E O SILÊNCIO DA ARLANXEO!
Continua vergonhosa a postura da Arlanxeo em não fazer a negociação. Sua última aparição foi em 28/9, quando fez a esdrúxula contraproposta que nem recompunha o INPC (perdas) dos últimos 12 meses passados. Antecipando a questão da correção dos salários e benefícios aos trabalhadores da Arlanxeo, foi informado ao Sindiquim, que não será possível aceitar nenhum percentual menor que o INPC para estes trabalhadores petroquímicos. A Arlanxeo é um grande player do mercado mundial e nacional e não pode querer achatar os salários dos seus trabalhadores.

JÁ PASSOU DA HORA DE AS EMPRESAS PETROQUÍMICAS “ENXERGAREM” SEUS TRABALHADORES!