CAMPANHA SALARIAL 2021

CATEGORIA ESPERA AVANÇOS NA CONTRAPROPOSTA PATRONAL

Conforme foi publicado no Em Dia 2004, em 01/11/2021, a categoria rejeitou, praticamente por unanimidade, a proposta das empresas OXITENO, INNOVA e BRASKEM para correção dos salários e auxílios da campanha salarial deste ano. A Categoria demonstrou com veemência nas assembleias que a proposta patronal não recupera o poder de compra dos trabalhadores do Polo, pois repõe somente INPC. Mesmo estando no segundo ano de pandemia da Covid, a Categoria continua mantendo e ampliando a capacidade das plantas industriais, se esforçaram muito pela continuidade da produção, atingindo em alguns casos, recordes de produção seguidas, como é de conhecimento não só dos trabalhadores, mas principalmente das direções das empresas. Todas as empresas do Polo atingiram excelentes resultados financeiros, atingindo suas metas de EBTIDA já no final do primeiro semestre e/ou no terceiro trimestre. É chegada a hora do reconhecimento por parte da patronal em apresentar uma proposta coerente que recomponha o poder de compra do salário dos trabalhadores, que vem sendo corroído mês a mês pela alta da inflação e pelo aumento do custo de vida.
No dia 29/10, o SINDIPOLO apresentou a nova proposta da Categoria às empresas e ao Sindicato Patronal (Sindiquim). Proposta esta que foi aprovada em assembleias pelos trabalhadores com o propósito de obter avanço na mesa de negociação e de dar celeridade ao fechamento do Acordo. Esta proposta contempla apenas o arredondamento do INPC para correção de salários (sem o Limitador), correção dos auxílios e do piso da categoria em 13% e cartão alimentação de R$ 300,00 reais (veja no Quadro).

O Sindicato Patronal agendou uma nova reunião com o SINDIPOLO para o dia 10/11, onde aguardamos uma resposta com avanços na proposta.

ARLANXEO AGENDOU REUNIÃO

O SINDIPOLO vê com grande preocupação a demora da ARLANXEO em agendar a 2° reunião de negociação salarial, já fazem mais de 40 dias que ocorreu a 1° reunião com a empresa. Nesta, foi apresentada uma proposta esdrúxula de apenas 9,5% na correção dos salários e ainda com um Limitador para quem ganha até R$ 9.000,00 reais de salário base, e o mesmo índice para os auxílios.
Proposta esta que foi rejeitada em mesa pelo Sindicato no dia 28/09.
O SINDIPOLO encaminhou Ofício à direção da ARLANXEO/Sindiquim no dia 05/11 solicitando à empresa o retome ao processo negocial. Ofício similar foi enviado pelos Sindicatos dos Trabalhadores da Arlanxeo de Duque de Caxias/RJ e do Cabo/PE. No dia de hoje (9/11), a empresa, através do Sindicato Patronal, agendou reunião para retomada da negociação salarial. A Reunião ainda será no dia 17/11.
As demais regiões onde a  Arlanxeo têm unidades também foram agendadas reuniões para próxima semana. Na unidade de Duque de Caxias/RJ a reunião será em 18/11, para unidade do Cabo/PE no dia 19/11.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.